quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Lembranças

Depois de estar longe do Brasil há mais de um ano, percebi que tenho me comunicado mais com algumas pessoas de lá. Muitos amigos com quem nem falava mais, ou que não falava há muito tempo. E isso é uma coisa tão gostosa, relembrar velhos tempo, momentos, épocas da nossa vida que nem sabiamos que sentiamos tanta falta.
Hoje recebi uma carta de uma amiga que conheci pela internet há quatro anos. Foi interessante como nos conhecemos. Somos da mesma cidade no Brasil. Primeiro nos vimos na feira de livro da nossa cidade, mas fingimos que não nos tinhamos visto. Envergonhadas e bobas... Depois pelo MSN confessamos a nossa timidez. Acabamos marcando de nos encontrar, dessa vez para irmos à feira do livro de Porto Alegre, algo maior e onde poderiamos arranjar assunto, e não como sai pra comer algo, onde ficamos de boca cheia sem saber o que falar. Muito esperto da nossa parte!! Entretanto, antes de chegarmos na feira, tinhamos uma longa jornada de metrô, onde escutei muitos fatos que aconteceram com a avó dela. Lembro disso até hoje, a avó dela queria rebobinar o DVD.
Logo logo arranjamos assuntos mais interessantes do que a nossa família. Livros! Passamos horas lá. Lembro que comprei meu primeiro livro do David Coimbra lá, Mulheres. E mal nós sabiamos que aquela era somente a primeira de várias viagens de metrô a Porto Alegre.
Mas não é disso que vim falar aqui. Vim comentar de como uma coisa tão pequena pode nos emocionar tanto, quando estamos tão longes. Essa pequena carta de hoje me fez chorar, rir, pular de alegria. Um música as vezes tem o mesmo efeito, assim como uma conversa de horas com um antigo amigo, pelo msn. Hoje estou a base de chocolates. Brinquei que comprei Kisses de chocolate, já que não tenho kisses de verdade. hehe
Ultimamente eu tenho vindo aqui e escrito o que me vem em mente. E até que não ta saindo tão mal, eu acho!!
Estou com saudade de tudo e de todos. Escuto músicas, vejo fotos, converso com pessoas que não vejo há anos e, claro, como chocolate!! Estou vendo que vou engordar outra vez. Mas paciencia... (falei que não era pra eu ter saido pra comprar o que precisava!! Saí com chocolates na bolsa).
Entretanto, ao invéz de chorar minhas lembranças, vou curtir ao máximo disso aqui, tenho mais 3 meses. Farei tudo o que puder até o final. Afinal, daqui há cinco meses, a saudade que terei será de um lugar diferente, exatamente deste aqui onde estou agora. Dessa cadeira verde, neste quarto verde e daquela cama da mesma cor ali do lado. Verde na minha vida, nunca mais!!
Que venham as gastanças do thanksgiving, que venham as choradeiras do Natal, festanças de ano novo, que venha a Daiane, minha sucessora, e por fim, minhas merecidas férias! Daí, o Brasil e com ele tudo do que mais sinto falta (e também aquilo do que não sinto!).

Agradeço a quem leu isso tudo. Meu pequeno grande desabafo.
Beijocas e pipocas..=)

7 comentários:

Daia Peixoto disse...

Está se tornando frequente eu quase chorar no final da leitura dos seus textos. Esse em especial, quando vi meu nome ali. Simplesmente um presente ser a sucessora da ruiva :)
Estou feliz que vou fazer parte dos seus ultimos dias de trabalho, que venham!

**jOsi** disse...

OOii flor! É bem isso mesmo! Aproveita q dpois eh daí q c vai sentir falta! Fik bem! Bjoo

Zandra disse...

Puxa, num sei o q te dizer. Bem dá pra entender ou pelo - tentar por q todos nós já passamos por isso_ ter q deixar coisas, oportunidades, terras, pessoas amigas e amadas por nós. Só q no seu caso minha jovem é MEGA HIPER SUPER ULTRA > já que vc está em tão tão distante, imagino a intensidade q isso deve ter... Desejo te muitas alegrias acima de tudo.
hugs

Anônimo disse...

Oi Paula... Você vai voltar pra faculdade quando vier pro Brasil?

Natasha disse...

Oh, querida, gostei tanto do teu post. Essa saudade é assim mesmo, sinto te dizer, embora eu tenha quase certeza de que tu já te deu conta disso, daqui pra frente tu estarás sempre com saudade de algum lugar. Quando estiveres aqui no Brasil vai sentir falta daí; quando estiveres aí via sentir falta daqui. Paciência, assim é a vida...se fores morar mais um tempo em outro lugar, vais ter então três saudades apertadas e assim por diante. Só que nós sabemos que VALE MUITO A PENA! Aproveita tudo por aí, gasta muito por mim e por ti(please, tá sendo horrível tentar ser uma futura ex-consumista, então aproveita que tu "pode")e volte cheia de fotos, lembranças e saudades. Beijos e chocolates.

Joice Garcia disse...

*.*

tadinha da vó... sinto saudades dela... meus aniversários nunca mais serão os mesmos sem ela...

mas tu disse uma coisa certa: aproveita!!!!!
te joga aí!!
aproveita por mim!!
ahushaushauhsuahsu

beijoooos
e sem pressa ok? qdo tu voltar poderemos fazer mtas viagens de trem, agora pra NH!! hehe

putz, tu quase me fez chorar aqui!

Ingridy disse...

Que fofa a história de vcs!
Aproveite muito os últimos dias aí, pois só costumamos dar valor àquilo que não temos mais.

Beijo beijo!