domingo, 9 de maio de 2010

Nerd…?

Segundo a Wikipedia, a enciclopédia livre, Nerd é uma pessoa com paixão por estudos ou tecnologia, excluido das atividades fisícas praticando somente as intelectuais. Pode-se também ser atrapalhado e/ou tímido, anti-social.
Quando eu estava no colégio o meu grupo de amigos era o considerado Nerd na turma. O que é estranho, pois somente duas de cinco ou seis meninas é que realmente estudavam, as outras três ou quatro só iam junto (e eu era uma dessas três ou quatro…, claro) e eu definitivamente não era excluida das atividades fisícas, apesar de ser extremamente tímida.
On the other hand, eu sempre passava de ano, apesar das regulares recuperações em química, com uma nota rasoável, deixando para estudar de verdade sempre quando a coisa apertava, ou seja, nas duas últimas semanas de aula. A sala de música, onde as provas de recuperação eram aplicadas já era uma grande amiga minha.
Enquanto as outras pessoas me chamam de Nerd, eu me chamo de rabuda, ou, dependendo da situação/matéria, com facilidade de aprendizado.
O porquê deste post?
Porque semana passada eu fiz um teste e fiquei com uma nota incrível de 95% de aprovação, errando somente uma questão da prova e tendo apenas um erro de gramática na redação final. Mas de novo me considero rabuda, enquando as outras meninas da minha sala me chamavam de Nerd. Minha sorte foi que as questões perguntaram exatamente o que eu sabia, pois não tinha entendido parte da matéria, sempre confundia alguns detalhes, que acabaram não aparecendo em nenhuma questão…
E quando eu estava na faculae a coisa era mais ou menos a mesma… também me consideravam nerd pois tinha facilidade nas aulas de desenho, interesse nos trabalhos de cores e facilidade de lembrar do que o Walter falava nas aulas de introdução os design. Mais uma vez, sorte pelo destino. Mas era considerada a nerd…
Mas depois dessa prova eu entendi o sentimentos dos Nerds ou dos CDFs, é muito bom se dar bem em uma prova, o sentimento de ‘eu sou bom!’ e sem ter vergonha de dizer a nota para quem perguntar.
Mas não mãe, não Karina, isso não é uma esperança, eu ainda não gosto de estudar regularmente como vocês…
Pelo sim ou pelo não, espero que eu continue então com a sorte do meu lado, ou então terei que virar nerd para continuar com a sensação de se dar bem em alguma matéria aqui ou la no Brasil.

Outra coisa, FELIZ DIA DAS MÃES!
Aqui eu fui num café da manhã/almoço super chiquerrimo com a família e entreguei o presente pra Melissa, vou postar aqua as fotos do que eu fiz pra ela. Ela disse que amou, que nunca esperaria algo assim no dia das mães e que não sabia como retribuir.

4 comentários:

ännä disse...

Oie!!

Parabéns!! Né nerd não, maldade...
Acho que na verdade quem chama de nerd tá com dor de cotovelo néah?!

Amei o cartão!! Que gracinha =)
Felizarda quem ganhou ^^

Beijos!

Yvenee Schneider disse...

Heheheee...pois é Paula, eu sei mto bem o que vc está falando, tb sou sortuda em relação a isso como vc. O povo tb me chama de Nerd, mas isso foi mero acaso do destino!!! hehehehhehee o/

Ahhh..adorei o cartão!!! mto criativo!!! ^^ o/


Bjoooooooooos!!!!

Viviane Damasceno disse...

auheiuaheiuaehi..no meu grupo so tinha uma nerd, o resto era tudo vagaba...incluindo eu! kkkkkk

Anônimo disse...

o mundo ainda tem esperanças...
;-)
elisa