terça-feira, 21 de setembro de 2010

Amigos

Uma vez lí ou escutei uma frase do Oscar Niemeyer que dizia mais ou menos o seguinte “Até os 70 anos, a gente faz amigos, depois disso, nos despedimos deles”. Achei muito triste na hora, mas então parei pra pensar, e infelizmente é verdade.  Hoje eu digo o seguinte “até 11 meses de Estados Unidos a gente faz amigos, depois disso a gente se despede deles”. Seja porque nós estamos voltando, ou eles.
Comentei com uma amiga minha esses dias que eu já não tenho mais energia de fazer novas amizades. A gente conhece tanta gente aqui o tempo todo. Acho que eu conheço uma nova pessoa a cada semana, hoje mesmo fui apresentada a uma menina. Mas daí para uma amizade verdade não é fácil. Eu sou sempre muito aberta a quem tem interesse de vir falar comigo, meninas novas que queiram saber mais sobre DC, dicas e tal… Adoro!, mas é engraçado que antes eu ia atrás de pessoas também. Agora, eu já estou dando tchau a essas pessoas ou me preparo para isso. Me deparei com a situação de um amigão meu estar partindo em 15 dias, e daí eu paro pra pensar “quando que eu vou ver ele de novo?”, eu sei a resposta, mas é triste pensar assim.
Aqui é muito fácil de conhecer brasileiros, somos pessoas muito abertas e sempre dispostas a conversar. Nem que isso seja durante a madrugada toda, dentro de um ônibus à caminho de NYC sem deixar ninguém dormir. Sim, já aprontei dessas… Fui para Nova Yorque sozinha mas não fiquei sozinha lá por nem um minuto! E o principal, depois de conversar com a pessoa é que pergutamos o nome dela. Se lembrarmos!
Amigos de verdade sim é algo dificil de fazer. Mas é muito engraçado que os meus melhores amigos aqui não têm muito a ver comigo, ou têm vidas diferentes, gostos e/ou idéias. Por outro lado, aqui temos uma grande coisa em comum, não temos ninguém, família, amigos. Estamos todos na mesma procura. Se não construírmos a nossa própria família aqui, não aguentamos. Por melhor que a Host Family seja.

Então deixo aqui registrado um muito obrigado aos meus amigos daqui que me aguentam e me dão muita força. E também para os meus amigos que estão no Brasil mas não me esqueceram, me dão aquela força via internet mesmo.

E que venha o dia de amanhã, porque todo o dia é dia de conhecer gente nova!

PS: Muitos leitores do blog vêm falar comigo, adoro isso. Não parem de me procurar, por favor!! :-)




Obrigada Fernandas, obrigada Joice, Carolines, Camilas, Drica, Cris, Anderson, Shay, Nanis, Jere, Tiago, Rodolfo, Andrea.

8 comentários:

Vanessa R. disse...

Ooooiii Paula!! Td bem? Como vc tá?
Nossa, adorei de verdade teu post! Até deu um aperto no coração, pq entendo que aí tudo fica mais intenso por estarmos longe da nossa zona de conforto né? Então amigos se tornam familia mesmo, e é sempre ruim nos despedir da nossa família... Mas, com certeza, essas amizades vão ser muito importantes e especiais pra ti a vida toda, nem que não exista contato, mas ficarão pra sempre na tua lembrança e trarão saudades..
Mas espero que todas as tuas despedidas sejam um "até logo"...
Muito obrigada pelo recadinho no meu blog, fiquei feliz que vc gostou do que eu escrevi! :D
Beijos, se cuida!
Boa semana!!

Daia Peixoto disse...

Refletindo...

rebergamaschi disse...

Oi Paula... vc está indo embora??? Estou procurando família, estou pra ficar on pela EurAupair. Então, se tiver alguma indicação eu agradeço :) meu msn e e-mail: rebergamaschi@hotmail.com

Obrigada,
Renata

Raquel disse...

Oi! Primeira vez postando no seu blog, que achei na comu Au Pair 2010/2011. Gostei muito do blog! Mas cheguei nun post bem profundo... Ainda nem fui pros States, mas você me fez pensar nas amizades que a gente acaba fazendo quando está nun lugar totalmente novo...

Vou continuar acompanhando! E gostei muito dos desesnhos do outro post, principalmente o de paz e amor! Lindo!

Beijos e até o próximo post!

Caroline disse...

Obrigada vc por fazer a vida longe de casa um pouco mais facil!! Bjo

Anônimo disse...

Amei seu blog!
li des do início,parei na metade porque deu preguiça, hehe

muita sorte pra vc, bjs

Anita disse...

Oi Paula! Não sei se tu lembra de mim, eu era da outra turma no São José..
Faz um tempo que acompanho teu blog, vou fazer o Au Pair também.. Fiz o blog faz pouco, aí aproveitei esse teu post pra falar contigo pra ver se tem alguma dica ;) hehe To muito nervosa com a escolha da família!!
Beijo

Ornelas, Cá disse...

Obrigada voce, Paulete...
Meu ombro direito nessa maluquice que decidi fazer da minha vida. rs...

Sem voce, nao sei o que seria de mim por aqui. Serio mesmo!

e que essa amizade dure alem dos Estados Unidos. Que ela va' ate' Paris e volte para o Brasil! :)